sexta-feira, julho 23, 2004

Verdade eleitoral (IV)

A peça que divulga as incoerências no apuramento dos resultados nas autárquicas de 2001 é da autoria de António José Vilela e está publicada na Grande Reportagem de Outubro de 2002, da página 86 à página 95. Uma boa parte do texto baseia-se em informações recolhidas por Alberto da Silva Lopes, mas também existe trabalho de investigação da própria GR. O texto merece uma leitura atenta, mas afigura-se demasiado longo para ser transcrito na íntegra. Os dados que apresento a seguir são retirados da reportagem e, segundo Francisco José Viegas, na altura director da revista, não foram contestados por ninguém.

Segundo a GR, o primeiro número apresentado refere-se ao resultado provisório anunciado oficialmente na noite das eleições. O segundo número refere-se ao resultado anunciado cinco dias depois pela Assembleia de Apuramento Geral.

Variação do número de eleitores inscritos para a CML – 567.867 para 568.087
Variação do número de votantes – 312.391 para 311.482

Variação de votos para a Câmara Municipal de Lisboa
Lisboa Feliz (Pedro Santana Lopes) – 131.135 para 131.094
Amar Lisboa (João Soares) – 130.279 para 129.368
Votos nulos - menos 67
Votos em branco – mais 39
BE – mais 22 votos
CDS/PP – mais 53 votos
PCTP/MRPP – mais 4 votos
PNR – menos 8

Variação de votos para a Assembleia Municipal
Número de votantes – 312.383 para 312.784
Lisboa Feliz – 124.457 para 124.876
Amar Lisboa – 129.852 para 129.823
Votos nulos – menos 114
Votos em branco – mais 73
CDS/PP – mais 33
BE – mais 12
MPT – menos 3
PNR – menos 1
PCTP/MRPP – mais 11

Número de eleitores descarregados nos cadernos eleitorais mas sem votos correspondentes nas urnas, por freguesia
Ameixoeira – 340
Carnide – 189
Penha de França – 50
São Mamede – 20
Alcântara – 12
Santa Catarina – 3

Número de votos nas urnas que não têm correspondência nas descargas nos cadernos eleitorais, por freguesia
São João – 620
Santa Maria dos Olivais – 103
São Jorge de Arroios – 54
São Francisco de Xavier – 13
Santo Condestável – 4
Madalena, Prazeres e São Domingos de Benfica – 1 cada

Existem ainda outros dados curiosos. Houve 1302 pessoas que votaram para a AM mas não para a CM. Em 1989 esse número era de somente 34 eleitores e em 1997 não se registou qualquer diferença.
No artigo da GR há também referência a actas rasuradas ou emendadas e a documentos onde não constam todas as assinaturas obrigatórias, assim como diferenças entre os dados apresentados pelo STAPE e os dados publicados pelo Diário da República. E as incoerências não se ficam por Lisboa. Sintra, Setúbal, Amadora e Porto, por exemplo, também apresentam variações. Assuntos para os próximos posts.

4 Comments:

At 5:51 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Visitem o Blog portugalliberal.blogspot.com =)

 
At 5:51 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Visitem o Blog portugalliberal.blogspot.com =)

 
At 3:31 da tarde, Anonymous Anónimo said...

What a great site No fax payday loan missouri Free printable childrens games like a thanksgiving bingo 1991 convertible corvette Breast enlargement clips Breast enhancement stuff free Sweepstakes promotions and lotteries cell phone ring tones lolo ferrari

 
At 2:15 da tarde, Anonymous Anónimo said...

This is very interesting site... here

 

Enviar um comentário

<< Home